Compartilhe
Ver o tópico anteriorIr em baixoVer o tópico seguinte
Admin
Mensagens : 37
Data de inscrição : 23/11/2014
Ver perfil do usuáriohttp://petlove.forumeiros.com

Queda de pelos em gatos

em Qua 20 Jun 2018 - 12:04



Uma preocupação comum e quase constante para os tutores de gatos é a queda de pelo em excesso. Diversos fatores precisam ser considerados na abordagem a este problema, que pode estar relacionado ou não a uma doença de pele.
 

Queda de pelos como sintoma de uma doença





Um regra geral (que pode ter suas exceções) é de que quando não se observam falhas na pelagem de um gatinho, sua queda de pelo não está relacionada a doenças de pele. 
Já a presença de feridas, descamação e coceira podem ser outros indicativos de que existe uma doença de pele associada.
 
Em momentos de grande estresse e doenças, o organismo do gatinho tende a poupar os nutrientes e energias para utilização pelos órgãos vitais, como o coração e o cérebro, e a pele e pelagem podem acabar sofrendo um pouco com a falta de nutrientes. 
Portanto, a avaliação de um médico veterinário sempre será a melhor forma de saber se seu gatinho está com problemas que precisam ser tratados, ou se a queda de pelos é normal, apesar de parecer exagerada.
 

Troca de pelos





Alguns gatinhos realizam troca de pelos periódicas, o que geralmente ocorre a cada 6 meses, com a proximidade dos meses mais quentes e mais frios do ano, nas regiões onde o verão e inverno são bem definidos. 
Esta é uma estratégia que o organismo dos gatinhos utiliza para o controle da temperatura corporal: antes do verão, caem os pelos mais espessos, enquanto antes do inverno caem os pelos mais leves. 
Em algumas partes do Brasil, devido ao clima tropical, com estações do ano pouco definidas, a queda de pelos pode acontecer durante todo o ano.
 

A nova pelagem em geral nasce mais forte e brilhante. 





Esta queda de pelos é fisiológica, e não deve ser motivo de preocupação. Para auxiliar no crescimento da nova pelagem, podem ser utilizados alguns suplementos específicos, a base de ômegas e vitaminas – ideal que sejam prescritos pelo médico veterinário do seu gatinho, caso ele considere necessário.
 

Nutrição





 Quando um gatinho recebe alimentação de boa qualidade, como as rações da categoria super premium ou dieta caseira balanceada, sua pelagem recebe nutrientes em maior quantidade e qualidade  e consequentemente  cresce mais forte e brilhante. 
Isso acontece porque o organismo sempre irá privilegiar a nutrição dos órgãos essenciais para a vida, como coração, cérebro e rins, em detrimento de órgãos como intestino e pele. 
Portanto, se você deseja que seu gatinho tenha uma pelagem mais forte e bonita, comece melhorando sua alimentação!
 

Verminose





Devido ao habito de cheirar e lamber o chão e outros animais, os gatinhos apresentam vermes intestinais com frequência. 
Estes vermes se utilizam dos alimentos ingeridos pelo animal para sobreviver, “roubando” nutrientes do organismo do gatinho. Desta forma, o mecanismo da queda de pelo é o mesmo de quando o gatinho tem uma nutrição pobre. Recomenda-se a vermifugação dos gatos a cada 6 meses, ou de acordo com a orientação do médico veterinário.
 

O perigo dos pelos que caem





Devido ao habito dos gatos de se lamberem constantemente, nos famosos “banhos de gato”, e ao fato de suas línguas possuírem pequenas saliências, conhecidas como papilas, que funcionam como um pente, os gatinhos acabam engolindo grande parte dos pelos que se soltam da pele. 
Na maioria dos casos, estes pelos irão se misturar ao alimento no estômago e ser eliminados através das fezes. 
Em outros, ficarão retidos no esôfago e estômago e serão eliminados na forma de “bolas de pelo”, através do vômito. 
O grande perigo esta nos pelos que possam se agrupar e ficar retidos no estomago ou nos intestinos dos gatos, causando uma obstrução nestes órgãos. 
Os principais sintomas de obstrução gastrointestinal são vômitos, falta de apetite, dor abdominal e prostração. Neste caso, o gatinho precisa ser avaliado por um médico veterinário com urgência, e provavelmente precisará de cirurgia para retirada dos pelos retidos.
 

Como reduzir a queda de pelos





Além da avaliação veterinária quanto a presença de doenças e necessidade de suplementos, a principal forma de reduzir a queda de pelos é escovando seu gatinho diariamente. 
Ao realizar a escovação, você irá retirar os pelos já enfraquecidos, que cairiam nos próximos dias. 
Desta forma conseguimos reduzir a quantidade de pelos que o gatinho engole, prevenindo as obstruções gastrointestinais, e também reduzir a quantidade de pelos que cai na casa – as suas roupas também irão agradecer!
Ver o tópico anteriorVoltar ao TopoVer o tópico seguinte
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum